11 de novembro de 2011

Respiração La Sal

O La Sal provém de um médico de Shangai. Esse exercício é muito bom para ativar a nossa energia interna (Chi) e estimular a circulação sanguínea.

História do La Sal

O La Sal é muito bom para saúde, por isso o número de praticantes em Shangai aumenta. Há pessoas com doenças crônicas que restabeleceram sua saúde ou mantiveram a sua doença física estável.

O nome original do exercício é “Concentração e Respiração de Tah-Mo”. Tah-Mo (Bodhidharma) foi o monge que fundou o Mosteiro de Shaolin e deixou 12 livros sobre a medicina e o Wushu de Shao lin. O movimento do jogo de braços está publicado em um desses 12 livros. Os livros foram perdidos, mas com a descoberta do seu túmulo foram encontrados os manuscritos que descrevem suas obras conservados junto ao seu corpo.


Como praticar:

1) Corpo reto, pernas meio curvas e os dedos dos pés bem firmes no chão.

2) A distância entre os pés deve ser mais ou menos igual à largura das costas.

3) Comece com os braços para cima na altura dos ombros (figura 1). Jogue-os para trás com força (figura 2), expire com potência pela boca e regresse-os para posição inicial (figura 1) sem utilizar força e inspirando suavemente pelo nariz. As repetições devem ser feitas alternando de forte quando desce e suave quando sobe.

4) Os braços devem estar esticados naturalmente, sem tensão.

5) Olhar sempre à frente mantendo a mente livre de pensamentos alheios. Concentre-se apenas na contagem do exercício de 50 vezes no mínimo. Com o tempo deve aumentar de 1000 a 2000 vezes.

Observações sobre o La Sal

Durante a prática do La Sal os movimentos devem ser contínuos e rítmicos e deve-se estar concentrado de corpo e alma.

Veja os 16 critérios a serem considerados sobre o La Sal durante sua prática:

1) Em cima é falso.

2) Em baixo é firme.

3) A cabeça deve estar erguida.

4) A boca deve estar relaxada.

5) Peito relaxado.

6) Costas erguidas.

7) A cintura é o eixo do corpo.

8) O braço se balançando.

9) O cotovelo sempre virado para baixo.

10) O pulso é o ponto mais pesado da aplicação da força.

11) A mão abanando.

12) A barriga bem firme.

13) As coxas relaxadas.

14) O ânus preso para cima.

15) Os calcanhares firmes no chão.

16) Os dedos dos pés em formação de garras firmes no chão.


Reações à prática do La Sal

A reação que ocorre no corpo durante a execução do exercício é a mesma quando se faz acupuntura.

A respiração e o sangue começam a fluir com mais facilidade dentro do corpo, causando aquecimento de todos os membros, pois o exercício ativa rapidamente a circulação sanguínea, conduzindo-o para as pontas dos pés e das mãos durante o treino. Neste estágio o praticante pode engasgar, ficar com gases, ter sensações de frio e calor e formigamento nos membros devido ao grande fluxo de sangue nessas partes do corpo onde o fluxo é menor. Há quem diga que pode até melhorar as deficiências visuais como hipermetropia, miopia e astigmatismo, mas não se tem comprovações científicas.

Mas todas estas reações são normais e muito benéficas para o corpo, pois demonstram os bons resultados do exercício e a mudança do fluxo sanguíneo. Na medicina chinesa a má respiração e a circulação sanguínea são consideradas origem de todas as doenças. Portanto, mantendo-as igualmente equilibrada, evitaremos sérios malefícios com a saúde do corpo.

Às vezes durante o frio as pontas dos dedos dos pés e das mãos ficam duras. Isto ocorre devido a pouca irrigação de sangue, onde o acesso é mais dificultoso. Com a prática do exercício de La Sal você reverterá esta situação, pois o sangue penetrará com mais força nestes pontos.

O exercício La Sal funciona como uma massagem dos órgãos internos. A prática deste exercício por fim ativa a circulação fazendo com que o corpo retire uma quantidade maior de nutrientes dos alimentos consumidos. Tornando assim o corpo mais forte e sadio.

(Baseado no texto da Academia Sino Brasileira de Kung-Fu)