17 de abril de 2013

Um faixa preta é um Mestre?


Um faixa preta é um Mestre?
Nem chega perto. Um faixa preta de primeiro grau é um estudante muito avançado. A faixa significa sua passagem daqueles estudantes que ainda estão aprendendo para aqueles que aprenderam como aprender. Esta é uma diferença significante.


O processo entre a faixa branca e a preta tem muito menos a ver com as técnicas do que aprender a metodologia e os procedimentos necessários para uma pessoa pensar como um artista marcial. Um faixa preta deve ser capaz de genuinamente compreender os conceitos nos quais as artes marciais são baseadas, o que é muito mais importante do que a habilidade dele em executar qualquer técnica.Há uma frase dita sobre a sobrevivência humana: "Dê a um homem peixe e por um dia ele estará alimentado, ensine-o a pescar e o alimentará por toda a vida." Isso é muito similar ao processo de transição das faixas coloridas para a preta. O faixa preta aprendeu a aprender, e assim se torna mais pró-ativo no processo de sua própria aprendizagem.

A faixa preta só demonstra que ele sabe bem o método e que sabe bem os fundamentos daquela arte marcial, no entanto há muito mais a aprender. Certa vez perguntamos a nosso Mestre se ele podia ensinar uma determinada técnica e ele disse que, mas que nós não conseguiríamos fazer como ele porque a energia é diferente. Há muitas sutilezas nas artes marciais que a grande maioria desconhece. Outra vez meu professor me disse: "Na faixa preta é que você começa a aprender a arte marcial".

Me decepciona saber que há escolas que formam um faixa preta antes de oito anos de treino ininterruptos (eu já soube de algumas que o fazem em 2 anos!!!!), pior ainda se dão a ele uma academia para dar aula. Um aluno assim só poderia ser auxiliar em aula com a presença de um professor de verdade.

Hoje em dia o método "fastfood", que prima por ganhar dinheiro e fazer nome é para aqueles alunos que buscam graduação e estatus, não para aqueles que valorizam seu dinheiro e seu tempo de treino.

Para finalizar me lembro de uma propaganda de cerveja onde um marketeiro diz para o dono da cervejaria: "Agora temos que colocar mulheres gostosas, pois as outras marcas já o fazem" quando o dono disse: "quem gosta de ver mulher gostosa vê a propaganda deles, quem gosta de cerveja bebe a nossa". Por isso não fico chateado, pois quem realmente quer aprender kung fu, vai saber escolher a academia certa e deixar as "fastfood" pra trás.